Pesquisa personalizada

#MCC - Calmaria - Alexandre Privato

#MCC - Diego Fernandes - Sigo o Leão da Tribo de Judá

MCC - Músicos Cristãos Católicos recomenda:

terça-feira, 3 de agosto de 2010

É no Sagrado Coração de Jesus que o homem encontra os recursos mais inesperados para as situações mais desesperadoras

Assim como São João, demonstre seu amor a Nosso Senhor Jesus Cristo. Tenha uma imagem de Seu Sagrado Coração em sua cassa
O primeiro devoto desse Sagrado Cora­ção é o Apóstolo amado, São João Evange­lista, o qual se reclinau no peito do Divino Mestre.

Entre os Padres da Igreja que escreve­ram sobre essa devoção encontram-se Tertuliano, São Cipriano, Santo Ambrósio, São João Crisóstamo, São Basílio, São Gregório Nazianzeno, Santo Efrém e sobretudo Santo Agostinho, quem colocou nos lábios de Nos­so Senhor as seguintes palavras:
“Considera, ó homem, quanto sofri por teu amor. A minha cabeça foi coroada de espinhos, meus pés e mãos transpassados, meu sangue derramado. E. por último, abri-te o meu coração, e dei-te a beber do precioso sangue que dele corre! Que mais queres? Cheguemo-nos portanto a esta fonte de água viva, cuja água salutar Ele nos dará gratuitamente a beber” (Tract. CXX in Joan.).

Na Idade Média, dessa devoção se.ocuparam São Boaventura, Santo Tomás de Aquino, o Beato Henrique Susa, Tauler e o Doutor melífluo, São Bernardo: “Oh! que bom e agradável é habitar neste Coração! Oh! precioso tesouro, pedra rara, encontrada ao cavar-se no campo do vosso Corpo, bom Jesus! Quem poderia rejeitar pérola tão preciosa? Ó Jesus, atraí-me a esse sagrado Coração, e, para eu lá poder morar, lavai-me das minhas iniqüidades” (Tract. de Passione, cap III).

Diversas videntes e contemplativas dos tempos medieval e moderna receberam manifestações desse Sagrado Caração. Assim, as santas: Gertrudes, Mechtilde, Lutgarda, C.atarina de Siena, Magdalenade Pazzi, Catarina de Gênova, Margarida de Cortona, Ângela de. Faligna, Clara de Mantefalco, Margarida da Hungria, Francisca Romana, Joana de Valois, Joana de Chantal, etc.

Nosso Senhor, porém, reservou a Santa Margarida Maria Alacoque as grandiosas revelações sobre seu Sagrado Caração, entre os anos de 1673 a 1675.

Nessa ocasião, queixou-se o Divino Redentor dos sacrilégios e irreverências cometidas contra Aquele. Um dos exemplos mais frisantes de tal ódio foi o fuzilamento da estátua do Sagrado Coração, no Cerra de los Angeles, em Madri, empreendido por milicianos comunistas, no mês de julho de 1936 (ver foto na capa). Esse sacrílego atentado precedeu à dinamitação da mencionado monumento, executada na mês seguinte.

O Salvador, nas citadas revelações, lamentou amargamente, a par do rancor, a indiferença com que tantas almas consideram seu adorável Coração.

Cristo ontem, hoje e sempre! Leitor, saiba que é nesse Sagrado Coração que o homem cambalido de nossos dias encontrará sempre os recursos mais inesperados para as situações mais desesperadoras.

Fonte: Catolicismo

Nenhum comentário:

Grupos do Google
Participe do grupo MCC - Músicos Cristãos Católicos
E-mail:
Visitar este grupo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...