Pesquisa personalizada

#MCC - Calmaria - Alexandre Privato

#MCC - Diego Fernandes - Sigo o Leão da Tribo de Judá

MCC - Músicos Cristãos Católicos recomenda:

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Aumenta a 1.166 bilhão o número de católicos no mundo

A Livraria Editora Vaticano acaba de publicar uma nova edição do Anuário Estatístico da Igreja, no qual se recolhem dados estatísticos entre os quais consta que no ano 2008 os católicos do mundo chegaram a ser 1.166 bilhão.

O anuário faz um balanço entre o ano 2000 e 2008. Ao longo destes nove anos, a presença de católicos no mundo passou que 1.045 no ano 2000 a 1.166 bilhão em 2008, com uma variação relativa de 11,54 por cento.

Lendo os dados de forma diferenciada se observa que na África se registra um aumento de 33 por cento, enquanto na Europa a situação se mantém substancialmente estável (+ 1,17 por cento); na Ásia o aumento é de 15,61 por cento, na Oceania +11,39) e na América + 10,93. Não obstante, os católicos europeus passaram de 26,81 por cento em 2000 a 24,31 por cento em 2008. Na América e Oceania os números se mantêm estáveis e na Ásia aumentam ligeiramente.

População sacerdotal

Já o número de bispos no mundo passou-se de 4 541 em 2000 a 5 002 em 2008, com um aumento de 10,15 por cento.

A população sacerdotal, tanto diocesana como religiosa, mostra um ligeiro crescimento ao longo destes nove anos (com um aumento de 0,98 por cento em nível mundial), passando de 405 178 em 2000 a 409 166 em 2008. Se na África e Ásia estas cifras aumentam (respectivamente 33,1 e 23,8 por cento), na América o número de padres se mantém estável, enquanto na Europa e Oceania diminui um 7 e 4 por cento.

Os sacerdotes diocesanos aumentam 3,10 por cento, passando de 265 781 em 2000 a 274 007 em 2008. Em contraste, os sacerdotes religiosos se encontram em constante diminuição (-3,04 por cento), chegando a ser 135 159 em 2008. Os sacerdotes diminuem claramente na Europa: se em 2000 os sacerdotes europeus representavam mais de 51 por cento do total mundial, em 2008 decrescem aos 47 por cento.

Entretanto, se na Ásia e África juntas supunham em 2000 17,5 por cento do total de padres, em 2008 a percentagem era de 21,9 por cento. América aumentou ligeiramente sua percentagem chegando a aproximadamente 30 por cento.

Quanto aos religiosos não-sacerdotes, se em 2000 eram 55 057, em 2008 desceram a 54 641. Comparando os dados como continentes, na Europa se percebe uma nítida diminuição (-16,57 por cento) e na Oceania (-22,06 por cento), mantendo-se estavelmente na América e aumentando na Ásia (+32,00 por cento) e na África (+10,47 por cento).

As religiosas são quase o dobro que os sacerdotes e 14 vezes os religiosos, mas atualmente estão diminuindo. Os seus números passaram de 800 000 em 2000 a 740 000 em 2008. Quanto à sua distribuição geográfica, 41 por cento reside na Europa enquanto na América vive 27,47 por cento, na Ásia 21,77 por cento e na Oceania 1,28 por cento. Em termos gerais, as religiosas aumentaram nos continentes mais dinâmicos, África (+21 por cento) e Ásia (+16 por cento).

O Anuário Estatístico da Igreja também recolhe a evolução do número de estudantes de filosofia e de teologia nos seminários diocesanos e religiosos. Em nível global eles aumentaram, passando de 110 583 em 2000 a mais de 117 024 em 2008. Enquanto na África e na Ásia os candidatos ao sacerdócio aumentam, na Europa o número diminui.

Fonte: ACI Digital

terça-feira, 27 de abril de 2010

Os pecados do músico católico


Confira abaixo os 30 pecados do músico, elaborados por Pe. Joãozinho e Serginho Valle! Tenho certeza que você, assim como eu, já se encaixou ou se encaixa em um deles.
  1. Fazer do altar um palco
  2. Impor sempre seu gesto pessoal
  3. Cantar por cantar
  4. "Só toco se for do meu jeito"
  5. Ir sempre contra a idéia da equipe de celebração e do padre
  6. Escolher sempre as mesmas músicas
  7. Nunca sorrir
  8. Usar instrumentos desafinados
  9. Tocar músicas de novela em casamento
  10. Afinar os instrumentos durante a missa
  11. Colocar letra religiosa em música da "parada"
  12. Nunca estudar liturgia
  13. Não prestar atenção na letra do canto
  14. Não ler o Evangelho do dia antes de escolher as músicas
  15. Cantar forte demais no microfone, ou seja, o seu é sempre o mais alto
  16. Volume dos instrumentos (muito) acima do volume dos microfones
  17. Coral que canta tudo sozinho
  18. Cantar só para exibir-se (estrelismo)
  19. Distrair a assembléia com conversas paralelas durante a missa
  20. Não avisar ao padre as horas que serão cantadas
  21. Nunca ensaiar novas canções nem estudar o instrumento que ministra (voz, violão, teclado...)
  22. Ensaiar tudo antes da missa
  23. Cantar músicas desconhecidas
  24. Usar roupa bem extravagante, que chame a atenção
  25. Fazer de conta que está em um show de rock
  26. Perder contato com a assembléia
  27. Músicas fora da realidade e do tempo litúrgico
  28. Fazer o máximo de barulho
  29. Não ter vida interior, oração com o Ministério inteiro ou falsa humildade
  30. Repetir no fim de cada celebração: VOCÊS SÃO ÓTIMOS, EU SOU APENAS O MÁXIMO!

PARA REFLETIR


Espero que você tenha se conscientizado e comece a mudar a sua maneira de ministrar música na Igreja: passe essa lista aos outros integrantes do seu grupo. Tenho certeza que vocês crescerão muito com isso. As qualidades que você precisa ter para ministrar a música são:

- humildade
- ser pessoa de oração
- saber sorrir
- amar a Deus
- ter vida interior
- inspirar segurança e confiança
- ter bom ouvido musical
- ser discreto
- ser instrumento de Deus
- ser paciente e persistente
- bom senso
- ser profeta ( falar e cantar em nome de Deus)

Com isso podemos começar a servir a Deus. Não caia novamente nos pecados do músico.
Um bom líder sabe que varias cabeças pensam melhor que uma!


A mulher que teve sua santidade reconhecida ainda em vida

 

(+ Luca, 1278)

Santa Zita foi durante 40 anos criada de uma família nobre na cidade italiana de Luca. Distribuía aos pobres o pouco que lhe sobrava do salário recebido. Sua santidade foi reconhecida ainda em vida, e confirmada por grande número de milagres. É padroeira das empregadas domésticas e patrona de Luca.

Milagre

Dizem que um dia foi surpreendida enquanto socorria os necessitados. Mas no seu avental o que era alimento se converteu em flores. Foi doméstica por 60 anos. Morreu no dia 27 de abril de 1278, tendo toda a família Fatinelli a quem serviu toda a vida ajoelhada a seus pés.

Extraído do livro: “Cada dia tem seu santo” da Editora Artpress

domingo, 25 de abril de 2010

Aprendendo com as histórias de Pe. Léo


as Histórias de Pe. Léo, a Canção Nova lança 
o segundo volume desta série maravilhosa.

contou com muita alegria. De forma descontraída e 
divertida, Pe. Léo mostra como as pessoas devem 
estar próximas a Deus e seguir seus caminhos. São 
ensinamentos que vão tocar o seu coração.

suas próprias experiências e testemunhos que trazem 
as lições certas para cada realidade, se surpreende 
com a sua capacidade de mostrar como o mundo 
material pode corromper as pessoas, tirar alegrias 
e influenciar na escolha dos caminhos a seguir.

Léo um sacerdote com ensinamentos a serem seguidos, 
baseados na Palavra de Deus e no seu vasto 
conhecimento adquirido durante o seu sacerdócio.

Um recado aos músicos


Somos Ministros ou artistas? Tem um capítulo no Novo Testamento, relatando que até Jesus foi tentado no deserto. Nós, como músicos, estamos no meio desta batalha e precisamos ter discernimento para definir o que somos: Ministros ou Artistas. E cada dia que vai passando percebo que somos tentados em diversos aspectos. Na música, é no desejo de vender bem, na vaidade de solos e acordes. Uma das formas mais usadas para desacreditar o ministério da música tem sido a vaidade.

Primeiro o inimigo leva o artista nas alturas pra contemplar lá do alto o que o mundo oferece e o artista católico embevecido com os aplausos relaxa em seu contato diário com Jesus Cristo. Passar a agir como o apostólo São Pedro no episódio onde anda pelas águas. E esquece da dependência de Deus. E é nessa hora que o inimigo afunda os São Pedros artistas da vida (auto suficientes) com frustações, desonestidade, infidelidade, etc.

Jacytan Melo, editor do Blog: MCC - Músicos Cristão Católicos

terça-feira, 20 de abril de 2010

DHARINHO MASCARENHAS

(Missões Católicas por todo o Brasil)


Viajando por todo o Brasil com palestras, pregações,shows de evangelização em trio elétrico, Carnaval Católico, e muito mais. São 12 anos de caminhada, palestrando, cantando e louvando o Senhor. Dharinho Mascarenhas, compositor, cantor e missionário católico, tem o seu trabalho de evengelização (canções e pregações) disponível em DVD´s e CD´s gravados. 

Para ouvir suas canções: http://palcomp3.com/darinhomascarenhas/

Veja a caminhada de Dharinho:
Forrochá Católico da Bahia


Para contratar o show de evangelização de Dharinho Mascarenhas em Pernambuco e todos os estados do Nordeste, ligue para (81) 8645-1475 - 9495-1820, ou mande o E-mail: falecomjacytan@gmail.com




segunda-feira, 19 de abril de 2010

Como converter católicos às igrejas protestantes

Por Steve Wood 
Tradução: Rondinelly Ribeiro



Texto copiado na íntegra do blog Frank Matos

Meu nome é Frank Matos. Fui protestante por 20 anos antes da minha conversão ao catolicismo. Como líder de grupo de jovens, evangelista em prisões e universidades, e como pastor levei muitas pessoas do catolicismo para o protestantismo, inclusive meus pais e outros parentes. Isto foi surpreendentemente fácil. Eu utilizava a seguinte fórmula em três etapas para conseguir meu objetivo.

Primeiro passo: convidar os católicos às igrejas protestantes para ter uma "experiência de conversão".

A grande maioria das igrejas protestantes organiza movimentos jovens bastante dinâmicos, como shows, louvores nas casas e pequenos grupos de estudos bíblicos. Além disso, empreendem congressos, seminários e "cruzadas" evangelísticas. Durante um convite "inocente" de um amigo protestante, o católico começa a participar destes eventos enquanto ainda freqüenta as missas aos domingos em sua própria igreja.

As igrejas protestantes, pelo menos as sérias, pregam um evangelho simples: arrependimento do pecado e seguir a Cristo. Dão especial ênfase à relação pessoal com Jesus Cristo e com a recompensa da vida eterna. A maioria dos católicos não está acostumada a ouvir uma pregação tão ativa e agressiva contra o pecado e a favor do seguimento de Cristo. Como resultado disto, o católico experimenta uma verdadeira experiência de conversão.

Sem dúvida, os protestantes devem ser elogiados por sua eficácia em promover conversões. Os líderes católicos deverão duplicar seus esforços caso queiram igualar as conversões em suas igrejas. A razão para isto tudo é simples: cerca de 5 a 10 pessoas aceitam as crenças da denominação onde tiveram a experiência de conversão. Esta média aumenta para os que experimentam profunda conversão ou têm experiências carismáticas ministradas por protestantes (acreditem em mim, eu sei do que estou falando, sou formado por uma escola da Assembléia de Deus e fui pastor protestante em duas igrejas carismáticas).

Os pastores protestantes, evangelistas, líderes de jovens e ministros leigos já estão convencidos de que uma experiência de conversão em suas igrejas provoca uma firme adesão à fé protestante. Porque os católicos falham em perceber este fenômeno? Porque são tão relaxados acerca de um processo que está afastando milhares de católicos da igreja?

Segundo passo: dão uma versão protestante à sua conversão.
Uma conversão verdadeira é uma das maiores experiências da vida, possivelmente comparáveis ao nascimento e ao casamento. A conversão desperta uma insaciável "fome" de Deus. Os líderes protestantes treinam obreiros para darem continuidade a esta experiência espiritual.

Antes de um congresso, eu dava um curso de seis meses para obreiros. Eu os mostrava como dar a interpretação protestante da experiência de conversão com versículos bíblicos selecionados. A passagem escolhida era Jo 3,3: Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus

Utilizava a técnica bíblica do "touch and go", semelhante à usada em treinamento de decolagem e aterrissagem de pilotos de avião. Nós rapidamente líamos Jo 3,3 e víamos que é necessário nascer de novo para obter a vida eterna. Então falava de conversões em termos de novo nascimento. Então rapidamente líamos Jo 3,5 que afirma a necessidade de nascer "da água e do espírito". Eu nunca mencionava que por 20 séculos as igrejas católica e ortodoxa, reproduzindo o consenso unânime dos padres, entenderam estas passagens como referência ao sacramento do batismo! E com certeza eu não citava Tt 3,5 como referência paralela a Jo 3,5.

Em toda minha vida de protestante, todos os católicos convertidos ao protestantismo desenvolveram um a firme rejeição à fé católica.

Em 20 anos de ministério protestante, nunca conheci um católico que soubesse que Jo 3,3-8 fala do sacramento do batismo. Por isso era muito fácil convencê-los que a Igreja que assim interpretava estaria enganada.

Provérbios diz "Quem advoga sua causa, por primeiro, parece ter razão; sobrevém a parte adversa, que examina a fundo." (18,17). Os católicos que não conhecem sua fé católica jamais terão a oportunidade de ouvir "o resto da história". Meu uso seletivo das escrituras fazia a fé protestante grandemente convincente. Várias vezes este método causou a repulsa dos católicos à fé católica.

Terceiro passo: acusar os católicos de não ensinar a salvação pela graça.
Os católicos geralmente consideram os protestantes alienados, controlados, idiotas. Isto é falso e injusto. Seu zelo evangelístico é alimentado de profunda caridade.

Esta é uma razão porque eu levava os católicos para o protestantismo: eu pensava que eles estavam condenados ao inferno. Achava que os católicos não ensinavam a salvação pela graça, e sabia que quem não ensinasse isso não seria salvo. Por amor a suas almas, eu os convertia ao protestantismo.

Para convencer os católicos de que eles tinham que sair de suas igrejas, eu usava Ef 2,8-9:

Porque é gratuitamente que fostes salvos mediante a fé. Isto não provém de vossos méritos, mas é puro dom de Deus. Não provém das obras, para que ninguém se glorie.

Primeiro eu dizia: "A Bíblia afirma que a salvação se dá pela graça e não pelas obras, certo?". A resposta deles era sempre sim. Então eu dizia: "A Igreja Católica diz que a salvação se dá pelas obras, certo?" (eu nunca conheci um católico que, durante todo meu ministério pastoral, me contradissesse e afirmasse que a Igreja Católica ensina a salvação pela graça e não somente pelas obras!). Então, finalmente, eu falava: "Por isso, a Igreja Católica está levando as pessoas para o inferno quando nega a salvação pela graça. Te convido a vir à uma igreja que ensine o verdadeiro caminho para a salvação". Era fácil.

Pelo fato de usar a mesma técnica do "touch and go", nunca citava o versículo 10 de Efésios que diz "Somos obra sua, criados em Jesus Cristo para as boas ações, que Deus de antemão preparou para que nós as praticássemos." Façam um teste, ouçam com atenção os televangelistas. Nove entre dez vezes darão ênfase a Ef 2,8-9 e esquecerão do v.10.

Nós não somos escravos que tentam em vão ganhar nossa salvação por "obras da lei" (Ef 2,8-9). Por sermos filhos de Deus, somos inspirados e movidos pelo Espírito Santo a fazer todo tipo de "boas obras" em cooperação como o Senhor para alcançar o Reino Celestial (Ef 2,10). O catolicismo ensina e mostra a mensagem completa de Efésios 2,8-10, sem abreviar a verdade.

Por 20 séculos a verdade ensinada na Igreja foi a salvação pela graça. O primeiro Papa, Simão Pedro, disse: "Nós cremos que pela graça do Senhor Jesus seremos salvos, exatamente como eles." (At 15,11). O Catecismo da Igreja Católica, dedicado pelo Papa João Paulo II à Igreja, diz: "Nossa justificação vem da graça de Deus. A graça é favor, o socorro gratuito que Deus nos dá para responder a seu convite: tomar-nos filhos de Deus, filhos adotivos participantes da natureza divina, da Vida Eterna." (1996).

O protestantismo se iniciou com Martinho Lutero afirmando que somos justificados somente pela fé. Quando trabalhava convertendo católicos ao protestantismo não havia me tocado que Lutero havia acrescentado a palavra somente na sua tradução para o alemão de Romanos 3,28 para dar base à sua nova doutrina (tal palavra não é encontrada em nenhuma versão protestante atual de Rm 3,28). Não percebi que o único momento em que a Bíblia cita a frase "somente pela fé" é em Tiago 2,24, onde a idéia de Lutero é explicitamente refutada: "Vedes como o homem é justificado pelas obras e não somente pela fé?". Este versículo é prejudicial ao protestantismo, mas eu preferia ignorá-lo, ou me contorcia para fazer com que significasse algo que não verdade não significava.

Os Católicos devem participar de eventos protestantes?
Não faço objeções a católicos participarem de eventos protestantes contanto que:

Tenham firmeza quanto a fé católica;

  • Tenham conhecimento de sua fé a ponto de interagirem com não-católicos, usando a Bíblia e os pais da Igreja;

  • Tenham a consciência de que a mais profunda presença de Cristo não se encontra em gritos e gestos frívolos ou em fortes emoções, mas em momentos de silêncio como na adoração Eucarística (1Rs 19,11-12).

  • Infelizmente os católicos nascidos depois da Segunda Guerra Mundial para cá não se encaixam nesses requisitos. Para estes, participar de eventos protestantes é abrir as portas para deixarem a Igreja Católica.

Neste momento existem milhares de católicos que estão prontos para deixar a Igreja que Cristo derramou o sangue para edificar. Recentemente tomei conhecimento de um grupo de católicos que não mais usará o Catecismo da Igreja em seus estudos bíblicos, pois acreditam que tudo está na Bíblia. Três desses homens já afirmaram não crer mais na Real Presença Eucarística. Eu lhes direi onde este grupo irá acabar: numa igreja protestante.

A maior Igreja da América é a Igreja Católica, o segundo maior grupo da América são os Ex-Católicos. Os atuais movimentos católicos buscam ajudar as pessoas a descobrirem as raízes de sua fé católica. Com isso, ao invés de saírem da Igreja, as pessoas poderão descobrir as riquezas do catolicismo.

É importante lembrar que quando alguém deixa a Igreja Católica, geralmente leva toda a família junto. Após meus ancestrais da Noruega, Inglaterra Alemanha e Escócia, que decidiram deixar o catolicismo, cerca de 10 gerações (quatrocentos anos!), toda a minha família atualmente é católica.

Como alguém cuja família fez uma jornada completa de volta ao catolicismo, por favor, deixe-me fazer um apelo aos líderes dos diversos grupos católicos: não deixem católicos destreinados penetrarem em eventos protestantes, quaisquer que sejam. Eles terão ainda que uma rápida experiência religiosa que trará grande risco de os fazer perder a fé. Sei muito bem do que estou falando. Será muito mais seguro expô-los a elementos protestantes somente quando já tiverem sido exaustivamente expostos ao catolicismo.

No funeral de meu pai, há nove anos atrás, cantei meu hino predileto: "The Faith of our Fathers". Todos os dias agradeço a Deus por me trazer de volta à fé de nossos ancestrais, a verdadeira fé. Todos os dias que Deus me conceder a vida permanecerei proclamando aos meus amigos protestantes e aos católicos a gloriosa fé de nossos pais.

sábado, 17 de abril de 2010

PALESTRA- AGENDE AGORA!

Os desafios da Liturgia na Sociedade Pós Moderna

MILHARES DE PESSOAS JÁ PARTICIPARAM E APROVARAM EM TODO O BRASIL
UMA PALESTRA DINÂMICA E ATUAL

CONGRESSOS, ASSEMBLÉIAS,  RETIROS, ENCONTROS, REUNIÕES, FORMAÇÕES

Veja alguns pontos:  
  • O cenário atual e impacto na pastoral e celebração litúrgica.
  • Os exageros na comunicação litúrgica.
  • Comunicação e músicas evangélicas nas missas. Missas shows e missas rock?
  • As missas de crianças, de jovens e adultos.
  • A organização da equipe de liturgia e canto.
  • Técnicas de comunicação para leitores, comentaristas e salmistas.
  • Como preparar bem as músicas e escolher as pessoas para as funções litúrgicas?  
  • Qual o tempo e duração das celebrações ?  
  • Como fazer as  homenagens, parabéns, teatros e danças?
  • Compromissos e responsabilidades das equipes
  • Sintonia com o padre durante as celebrações. 
  • E outros pontos importantes.

Público:
Equipe de liturgia, corais, cantores, instrumentistas, pastorais do batismo, casamento, dízimo, catequese, RCC e outras que preparam celebraçoes nas paróquias.
Em algumas paróquias foram convidados todos os participantes das missas para formação litúrgica.


Prof. Rodnei Rivers:
 Administrador, pós graduado e consultor de empresas nas áreas de Marketing e Vendas. Realizou formações para milhares de agentes de pastorais em paróquias e dioceses de todo o Brasil, bem como encontros de formação para o Clero, congregações e seminaristas. Palestrante por 4 anos seguidos na EXPOCATÓLICA- CONAGE. Colunista na Revista Paroquias e Casas Religiosas. Colaborador do portal Catolicanet e sites de diversas dioceses. Miinistrou cursos no SEPAC/Paulinas, Loyola Multimidia e UNISAL. 

SAIBA MAIS:
Contato pelo e-mail: rodneirivers@uol.com.br ou tel: (0xx11) 9102 9595

Dayana Cardoso indicada ao Troféu Louvemos ao Senhor 2010


A cantora católica Dayana Cardoso foi uma das indicadas a concorrer ao Trféu Louvemos ao Senhor na categoria álbum independente de 2010.

A cerimônia de entrega do Troféu Louvemos ao Senhor acontecerá no dia 28 de abril na sede da TV Século 21, na cidade de Valinhos. Esse ano, de 2010, a entrega do prêmio passa a ter maiores proporções e será transmitida por outras seis emissoras, além da TV Século 21, a TV Aparecida, TV Terceiro Milênio, TV Imaculada Conceição, TV Nazaré, TV Horizonte e TV Rede Vida.

Conheça o trabalho da cantora acessando o site: www.musicoscristaoscatolicos.webnode.com

Contatos para shows de evangelização e festas de padroeiros pelo Nordeste: (81) 8645-1475 - 9495-1820, ou pelo E-mail: falecomjacytan@gmail.com

terça-feira, 6 de abril de 2010

Feira Católica no XVI Congresso Eucarístico Nacional

A Promocat Marketing Integrado, empresa que promove a ExpoCatólica, foi contratada pela Arquidiocese de Brasília para promover a feira de livros e artigos religiosos que acontecerá no XVI Congresso Eucarístico Nacional, de 13 a 16 de maio de 2010, em Brasília. A empresa, que também é responsável pelo Censo Anual da Igreja no Brasil, é especializada no segmento religioso. A feira será montada no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, local onde também será realizado os Simpósios de Teologia e de Bioética, que contará com a presença de milhares de representantes oriundos de todas as dioceses do Brasil.

O local do evento é estratégico, pois se localiza ao lado do Ginásio Nilson Nelson, outro importante local que será utilizado para atividades do CEN 2010 que reunirão mais de 15 mil pessoas e próximo à Esplanada dos Ministérios, palco central do XVI CEN. As empresas e entidades interessadas em expor na Feira Católica do CEN 2010, devem entrar em contato com a Promocat Marketing Integrado e reservar seu estande. Os espaços são limitados.

Mais informações sobre o evento, como planta da feira e valores dos estandes, podem ser encontradas no link abaixo.

Baixar arquivo informativo: www.promocat.com.br/arquivos/PlantaCEN2010.pdf
 

email: comercial@promocat.com.br
Fone: (11) 2099-6688




segunda-feira, 5 de abril de 2010

Bandas da Codimuc concorrem a Troféu Louvemos

Trofeu Louvemos o Senhor
Troféu entregue aos vencedores em 2009

As bandas Anjos de Resgate, A.U.B. e Canal da Graça são os representantes da gravadora CODIMUC no 2º Prêmio Nacional da Música Católica – Troféu Louvemos o Senhor, promovido pela Associação do Senhor Jesus. A cerimônia de entrega será no próximo dia 28 de abril, nos estúdios da TV Século 21, em Valinhos (SP), com transmissão ao vivo para todo o Brasil.

O Anjos de Resgate, que lançou o CD/DVD Ao vivo em Brasília, foi indicado em 6 categorias: Melhor Cantor (voto popular – Marcelo Duarte), Melhor Intérprete Masculino, Melhor Banda, Melhor Álbum Pop, Destaque do Ano e Melhor Coletânea.

A galera da banda A.U.B., que lançou o seu CD de estreia, concorre em 3 categorias: Melhor Intérprete Masculino (Fabício Augusto), Revelação Masculina (Fabício Augusto) e Melhor Álbum de Rock.
Já a banda Canal da Graça, que lançou o álbum  Tocando o Céu, também foi indicada em 5 categorias : Melhor Intérprete Feminino (Patrícia Romania), Melhor Cantora (voto popular – Patrícia Romania), Melhor Banda, Revelação Feminina (Patrícia Romania)  e Melhor Álbum Pop.
Para votar nas categorias cuja escolha é feita através do voto popular, basta acessar o site oficial do troféu e escolher seus artistas preferidos.

Vote Agora

Ano passado, a Codimuc foi representada pelas bandas Rosa de Saron, que levou três prêmios (Melhor Banda, Música do Ano e Melhor Cantor), e Iahweh, que conquistou dois (Melhor Álbum de Rock e Revelação Masculina). Também representaram a gravadora, o cantor Cosme, indicado em duas categorias, e os Monges Beneditinos da Ressurreição, que concorreram ao prêmio de Melhor Grupo Vocal, pelo CD Mais que os Querubins.

Grupo de Jovens Kairós

Jovem Católico



sábado, 3 de abril de 2010

Foi por amor...



De 23 a 25 de Abril, em Blumenau...
Congresso Estadual da RCC Santa Catarina, acesse:
www.rccsc.com.br/congresso


Mensagem do mês de abril - Jornal Mega FM

RECADO AOS MÚSICOS - Cuidado para não transformar os encontros de cultos de louvores a Deus em culto a sua pessoa. O povo de Deus está precisando é de ministros e não de artistas ansiosos em vender seus produtos. Procure não cair na tolice de promover uma nova inquisição fazendo uma extensa lista de músicas que podem ou não podem, ou tentar selecionar os instrumentos que podem ou que não podem tocar na Igreja. Lembre-se que um instrumento de percussão como a bateria bem tocado pode inspirar e cumprir um objetivo.

Jacytan Melo, editor do blog 
MCC - Músicos Cristãos Católicos
Publicada no Jornal Mega FM, mês de abril 2010
Grupos do Google
Participe do grupo MCC - Músicos Cristãos Católicos
E-mail:
Visitar este grupo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...