Texto: Giselle Oliveira

Falar de Deus através da arte, unindo no mesmo local música, dança e um espaço para oração. Essa é a proposta da Igreja Católica ao realizar a segunda edição do Catolic Music, show que acontecerá nos dias 27 e 28 de novembro no Anfiteatro da Fortaleza de São José de Macapá (Amapá).

Com o tema “A Força que Faz Viver”, o evento é promovido pela Comunidade Católica Shalom e reúne cantores católicos, dança e teatro. Sua estrutura, porém, conta com alguns adicionais que tornam o evento peculiar. É o caso da “Tenda da Misericórdia”, espécie de capela que dividirá as atenções com o palco central. A mesma destina-se a acolher aqueles que desejarem receber oração ou simplesmente rezar. Também haverá sacerdotes à disposição dos participantes que desejarem confessar-se.

“Sabemos que as artes têm o poder de falar ao coração do homem. Por isso, queremos utilizar esse dom para levar Deus aos jovens e suas famílias. Como o tema desse ano diz, mais do que dois dias de shows, nosso intuito é levar os participantes a descobrirem a força que faz viver. Para isso, é necessário evangelizar pessoa a  pessoa”, ressalta a responsável pela Comunidade, Erivânia Silva.

A estrutura também dispõe de um espaço destinado às crianças, denominado Catolic Music Kids. Ali serão desenvolvidas atividades e apresentações artísticas para o público infantil.

O Catolic está orçado em R$ 40 mil reais e espera atrair um público de cinco mil pessoas.

Atrações

Além de atrações locais, estarão no palco o cantor Davidson Silva, Consagrado da Comunidade Shalom de Belo Horizonte – MG, e o Ministério de Música Missionário Shalom, originário de Fortaleza – CE. Com um repertório alegre e dançante, este último espera atrair o público jovem que freqüenta o Parque do Forte.

O teatro será outra novidade do evento, que apresentará o espetáculo “Canto das Írias”, show escrito e apresentado no teatro da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte). “Esse espetáculo narra de maneira atual como o homem foi se distanciando de Deus e se animalizando. É impossível assistir e não se reconhecer na figura do homem”, descreve Erivânia.

O Catolic Music inicia às 19h com a Santa Missa e tem entrada franca.

Fonte: Lacinéa Cavalcante