Pesquisa personalizada

#MCC - Calmaria - Alexandre Privato

#MCC - Diego Fernandes - Sigo o Leão da Tribo de Judá

MCC - Músicos Cristãos Católicos recomenda:

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Halloween... Pode ou não pode?

Escrito por Álvaro Soares
Terça, 13 Outubro 2009
























Outubro para nós brasileiros, é mês das crianças, é mês de N.S.Aparecida, é mês das missões, e aqui nos EUA é tambem o mês do Halloween. Uma pergunta que frequentemente nos chega é esta: “O católico pode comemorar Halloween?” O Halloween que originalmente foi criado para ser a Véspera do Dia de Todos os Santos (All Hallow’s Eve), fez uma “misturança” de culturas e credos que hoje nem mesmo aqueles que praticam sabem mais as origens ou razões de sua criação, e por isto toda esta confusão (nota: se você quiser saber o que é Halloween clique aqui, pois não vou me ater à explicação desta comemoração neste artigo).Alguns dizem que não tem nada demais, outros condenam, afinal quem está com a razão? Ora, S.Paulo nos responde à esta pergunta no livro de Corintios: “Tudo posso, mas nem tudo me convém.”
O grande problema desta “festa” como é comemorada hoje nos EUA, é justamente a mistura dos elementos que vêm do ocultismo, tais como bruxas, jack-o-lamp, fantasmas, vampiros, etc. A prórpia origem do nome ocultismo, vem daquilo que é ou está oculto e que se viesse à tona claramente assustaria à todos, assim vem de uma forma disfaçada, como Halloween, Harry Porter, como o livro O Crepúsculo e etc. Nestes tipos de literatura, filmes, marketing, o que é importante é passar o errado como certo, de tal forma que ao final todos vão dizer: “ah, isto é só uma historinha boba!”

No livro O Crespúsculo, por exemplo, que diga-se de passagem foi escrito por uma mulher que é mormom e hoje já é o livro mais lido nas escolas americanas, tenta passar que vampiros são “gente como a gente”, que têm sentimentos, que amam e que se dividem também entre bons e maus, os bons são “vegetarianos” e os maus querem sangue, muito sangue, e eles ficam nesta crise de consciência, para manter a “dieta vegetariana” sem deixar que o seu lado “animal” desponte, loucura né?!Mas é assim, como foi no Harry Porter, um bruxinho que é bom, amaldiçoando os outros bruxos maus e saindo como herói e aplausos de toda a criançada (e dos pais também), que lindo!

No Brasil, tem uma festa no dia 27 de Setembro, que é atribuida aos Santos Cosme e Damião, mas que na verdade não é da Igreja Católica (27 de Setembro é dia de S.Vicente de Paula) e sim do espiritismo, ela causa bastante confusão entre os fiéis católicos, porque é uma festa que promete curas e milagres através da incorporação de espíritos na sua forma de criança e ao mesmo tempo eles aproveitam para distribuir balas, doces e guaraná para as crianças que estão presentes no terreiro de macumba, desta forma eles matam 2 coelhos com uma cajadada só, mostram o que é o espiritismo e ao mesmo tempo mostram que não são maus, aliás muito “bonzinhos” pois fazem a alegria da criançada.

Porque citei esta festa, porque o Halloween, Harry Porter e outros, fazem a mesma coisa, mostram que são bonzinhos, caridosos, amorosos, inocentes, mas ao mesmo tempo vão acostumando as crianças, os jovens e os adultos à verem com bons olhos aquilo que é parte do ocultismo, magia negra, satanismo, etc. Portanto, você que é católico, procure a coordenação da catequese da sua comunidade e organize a festa de All Hallow Eve (Véspera de Todos os Santos), vista as suas crianças com fantasias que representam santos da Igreja, divirtam-se com eles e ajude a retirar de vez esta miscelânea de idéias pagãs que aos poucos vão entrando pela porta dos fundos de nossas igrejas.

Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!

Nenhum comentário:

Grupos do Google
Participe do grupo MCC - Músicos Cristãos Católicos
E-mail:
Visitar este grupo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...