Pesquisa personalizada

#MCC - Calmaria - Alexandre Privato

#MCC - Diego Fernandes - Sigo o Leão da Tribo de Judá

MCC - Músicos Cristãos Católicos recomenda:

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Congresso de Música



CONGRESSO DE MUSICA SHALOM.
DIAS 07 E 08 DE NOVEMBRO 2009
NO AUDITÓRIO DO COLEGIO SALESIANO,

ATRAÇÕES: FABIANO E BANDA, COMUNIDADE SHALOM E OUTROS

Titulo de Cidadão Olindense a DOM FERNANDO SABURIDO



 

Dom Fernando Saburido, Alexandre Neto (Associação Mega FM), Vereador Ulisses Luna (Ula), Esdras Bispos Chefe de Gabinete e José Adeilson (Nenem) Membro da Associação Mega FM, presentes no acerto que tiveram com Dom Fernando sobre a definição de data e local  de realização da solenidade. A data ficou definida para o dia 19 de Novembro, a partir das 19h30 no Santuario da Mãe Rainha.

Fique na paz e na harmonia com Jesus e Maria.
Alexandre Neto - Jornal Mega FM
jemfamiliamegafm@hotmail.com

4° Festival de Dança Sacra



A partir do dia 31 de Outubro de 2009, estarão abertas as incrições para o 4° Festival de Dança Sacra da Comunidade Tehiat.

As inscrições se encerrarão no dia 10/12/2009, porém ela poderá se encerrar antes do tempo previsto conforme a quantidade de vagas preenchidas.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Maggie Camilo, da República Dominicana




Maggie Camilo, uma cidadã da Republica Dominicana, casada com Camilo Salvador e mãe de quatro filhos. Atualmente mora na cidade de Nova Jersey. Maggie é uma cantora há cerca de oito anos atrás quando ofereceu sua canção, "para a glória de Deus" pela maravilha e o milagre que fez dela uma maravilhosa transformação. Ante elas cantava "música secular" na cidade de Nova York e em outros locais E.U.A.

Tendo chegado a gravar duas produções do gênero merengue, no meio de tudo isto foi quando os médicos deu o diagnóstico de "ansiedade crónica", os efeitos que a doença começou a lhe causar com intensos ataques de pânico, que levou a uma vida de medos e inseguranças, ou tratamentos psicológicos e medicamentos foram fortes o suficiente para dar-lhe estabilidade.

Foi só até a grandeza de Deus entrar na sua vida e encheu com a Sua misericórdia e grande poder, ela podia sentir a paz em seu coração que tanto precisava. Assim, tendo recebido de Deus o milagre da cura mim, é que hoje os homens carregam uma canção de esperança que fala sobre a única razão convincente para a vida que é Cristo, nosso Senhor.

O seu testemunho e suas canções de muita unção é exemplo para o mundo. O MCC ajuda a espalhar a sua mensagem para o mundo.

Para ouvir as canções  de Maggie Camilo

Maggie Camilo - Te Agradezco - TuCristo.com

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Confraternizações!!!

PROGRAME SUA FESTA!!!


DEIXE OS MÚSICOS POR NOSSA CONTA.

BANDA BALANÇO SOCIAL
A banda traz em seu repertório músicas que ficaram na memória das gerações das décadas de 60, 70 e 80 (Pop Rock, Mpb e Samba)

Contato: (81) 8645-1475 - 9968-4098


Bispo de Aveiro pede «testemunho e serviço»

Diocese peregrinou ao Santuário de Schoenstatt

No dia da peregrinação diocesana ao Santuário de Schoenstatt, em Dia Mundial das Missões, D. António Francisco, Bispo de Aveiro, diz que “anunciar o Evangelho é urgente e inadiável. É uma missão de testemunho e de serviço.”

“O compromisso urgente e inadiável de anunciar o Evangelho traz-nos palavras que fazem ressoar na nossa mente o início da encíclica de João Paulo II, Redemptoris Missio: “uma visão de conjunto da humanidade mostra que a missão de Cristo está ainda bem longe do seu pleno cumprimento, está ainda no seu começo e devemos empenhar-nos com todas as forças ao seu serviço.”

“A missão constitui um movimento para o futuro”, concluía.

Este ano a peregrinação decorreu no Santuário de Schoenstatt, movimento que celebra este ano os 50 anos de presença em Portugal. Este dia litúrgico dedicado às missões é importante para o movimento pois foi o quando o “P.e José Kentenich e um grupo de jovens seminaristas selaram a Aliança de Amor e se comprometeram com Nossa Senhora a trilhar um caminho de santidade pelo capital de graças”.

“O movimento de Schoënstatt está presente em Aveiro desde 1979, a partir deste Santuário da Gafanha da Nazaré, através da presença dos Padres do Instituto Secular de Schoënstatt e das Irmãs de Maria irradia grande dinamismo e entusiasmo por toda a Diocese, “dizia o Bispo de Aveiro.

D. António Francisco acrescentou ainda que “é um movimento trazido pela mão de Nossa Senhora que se propõe formar em cada um de nós esta pessoa nova, segundo a imagem de Maria”.

Terra de Louvores



quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Halloween... Pode ou não pode?

Escrito por Álvaro Soares
Terça, 13 Outubro 2009
























Outubro para nós brasileiros, é mês das crianças, é mês de N.S.Aparecida, é mês das missões, e aqui nos EUA é tambem o mês do Halloween. Uma pergunta que frequentemente nos chega é esta: “O católico pode comemorar Halloween?” O Halloween que originalmente foi criado para ser a Véspera do Dia de Todos os Santos (All Hallow’s Eve), fez uma “misturança” de culturas e credos que hoje nem mesmo aqueles que praticam sabem mais as origens ou razões de sua criação, e por isto toda esta confusão (nota: se você quiser saber o que é Halloween clique aqui, pois não vou me ater à explicação desta comemoração neste artigo).Alguns dizem que não tem nada demais, outros condenam, afinal quem está com a razão? Ora, S.Paulo nos responde à esta pergunta no livro de Corintios: “Tudo posso, mas nem tudo me convém.”
O grande problema desta “festa” como é comemorada hoje nos EUA, é justamente a mistura dos elementos que vêm do ocultismo, tais como bruxas, jack-o-lamp, fantasmas, vampiros, etc. A prórpia origem do nome ocultismo, vem daquilo que é ou está oculto e que se viesse à tona claramente assustaria à todos, assim vem de uma forma disfaçada, como Halloween, Harry Porter, como o livro O Crepúsculo e etc. Nestes tipos de literatura, filmes, marketing, o que é importante é passar o errado como certo, de tal forma que ao final todos vão dizer: “ah, isto é só uma historinha boba!”

No livro O Crespúsculo, por exemplo, que diga-se de passagem foi escrito por uma mulher que é mormom e hoje já é o livro mais lido nas escolas americanas, tenta passar que vampiros são “gente como a gente”, que têm sentimentos, que amam e que se dividem também entre bons e maus, os bons são “vegetarianos” e os maus querem sangue, muito sangue, e eles ficam nesta crise de consciência, para manter a “dieta vegetariana” sem deixar que o seu lado “animal” desponte, loucura né?!Mas é assim, como foi no Harry Porter, um bruxinho que é bom, amaldiçoando os outros bruxos maus e saindo como herói e aplausos de toda a criançada (e dos pais também), que lindo!

No Brasil, tem uma festa no dia 27 de Setembro, que é atribuida aos Santos Cosme e Damião, mas que na verdade não é da Igreja Católica (27 de Setembro é dia de S.Vicente de Paula) e sim do espiritismo, ela causa bastante confusão entre os fiéis católicos, porque é uma festa que promete curas e milagres através da incorporação de espíritos na sua forma de criança e ao mesmo tempo eles aproveitam para distribuir balas, doces e guaraná para as crianças que estão presentes no terreiro de macumba, desta forma eles matam 2 coelhos com uma cajadada só, mostram o que é o espiritismo e ao mesmo tempo mostram que não são maus, aliás muito “bonzinhos” pois fazem a alegria da criançada.

Porque citei esta festa, porque o Halloween, Harry Porter e outros, fazem a mesma coisa, mostram que são bonzinhos, caridosos, amorosos, inocentes, mas ao mesmo tempo vão acostumando as crianças, os jovens e os adultos à verem com bons olhos aquilo que é parte do ocultismo, magia negra, satanismo, etc. Portanto, você que é católico, procure a coordenação da catequese da sua comunidade e organize a festa de All Hallow Eve (Véspera de Todos os Santos), vista as suas crianças com fantasias que representam santos da Igreja, divirtam-se com eles e ajude a retirar de vez esta miscelânea de idéias pagãs que aos poucos vão entrando pela porta dos fundos de nossas igrejas.

Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!

Há mais de um século, Nossa Senhora Aparecida coroada Rainha do Brasil - Parte III

Parte I
Parte II

Atentado em Aparecida

Legenda - Durante a procissão no Rio de Janeiro, a imagem milagrosa é ladeada pelo Núncio Apostólico, D. Bento Aloisi Masella, e pelo Arcebispo de São Paulo, D. Duarte Leopoldo e Silva

O autor menciona a lei do divórcio, aprovada no Brasil em 1977, como um dos motivos do entristecimento de nossa excelsa Rainha, devido aos pecados de seu povo. Mas tal aprovação deu-se há 27 anos.

O que diria ele, se esse artigo fosse redigido nos presentes dias? Muito mais do que naquela época, o Brasil de hoje dá motivos para entristecer sua Rainha e Mãe. Para ficarmos apenas no âmbito da instituição familiar, consideremos o atual desfazimento da família: a desagregação dos vínculos entre pais e filhos; as modas imorais; a negação do valor da virgindade; o “amor livre” — ou a “união livre” — que penetra na sociedade; a promiscuidade sexual; o controle artificial da natalidade e a pílula anticonceptiva; o aborto que se pratica em larga escala; a quebra da barreira de horror que havia no povo brasileiro em relação ao chamado casamento homossexual.

São os erros do comunismo, previstos por Nossa Senhora em Fátima e mencionados no artigo acima, envenenando nosso povo. Podemos ver aí a ilação entre Fátima e o atentado sacrílego em Aparecida, pois não se atendeu aos pedidos de Nossa Senhora, manifestados em 1917.

É devido a esse conjunto de fatores que o espaço perdido pela Igreja Católica vem sendo preenchido por seitas protestantes, “evangélicas” etc., atraindo os católicos com suas falsas doutrinas e interpretando a seu modo os ensinamentos da Bíblia.

Peçamos a nossa Mãe e Rainha que tenha pena do povo brasileiro, que Ela tanto amou. Assim como a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi restaurada, imploremos que Ela restaure também em nossas almas o amor e a íntegra fidelidade aos ensinamentos imutáveis da Igreja. Fidelidade que consiste em amar a verdade e rejeitar inteiramente os erros do comunismo, espalhados pelo mundo inteiro. Desse modo, este povo poderá obter as graças para restaurar a grandeza de seu glorioso passado e construir um futuro ainda mais esplêndido.

Nossa Senhora, Rainha destronada

Além do gravíssimo atentado sacrílego referido acima, em nossa época outros ultrajes são perpetrados contra a Senhora Aparecida. De passagem, citemos alguns: em 12-10-95, o pastor protestante Sérgio Von Helder, chutou uma cópia da imagem d’Ela, perante câmaras de televisão; em 4-4-99, o evangélico Carlos Antonio Macedo atirou uma pedra na bendita imagem (não sendo ela danificada, porque a protegia um vidro blindado); filmes, shows e teatros com peças blasfemas, que ridicularizam Nossa Senhora; grupos evangélicos que, por meio de projeto de lei, tentam destronar Nossa Senhora, arrancando-lhe o título de Rainha do Brasil; e outros que tentam eliminar o feriado nacional de 12 de outubro, em honra à Virgem Mãe Aparecida.

Como percebemos, Ela continua a ser virulentamente atacada pelos inimigos e abandonada até por filhos. E nós? Nada faremos para desagravar essa situação? Ficaremos de braços cruzados?

“Nossa Senhora é como uma Rainha que está sentada no seu trono. A sala está cheia de inimigos. Os inimigos já arrancaram-lhe o dossel, já tiraram da sua fronte veneranda a coroa de glória a que Ela tem direito, já lhe arrancaram das mãos o cetro. Ela está amarrada para ser morta.

Dentro dessa sala cheia de gente poderosa, armada, influente — todos diante da Rainha que não faz outra coisa senão chorar —, há também um pugilo de fiéis, e Ela evidentemente olha para tais fiéis. Assim, ou este olhar faz em nós o que o olhar de Jesus fez em São Pedro, ou não há mais nada para dizer…

A Rainha vai ser arrancada do trono. Pergunta-se: o que nós vamos fazer? Nesta hora deste olhar, isso não me interessa? Este olhar não me sensibiliza?

Poder-se-ia então perguntar: quem sou eu? Eu sou o homem para quem Nossa Senhora olhou!

Mas serei o homem a quem Ela terá olhado em vão?”.

* * *

Supliquemos a Ela a graça de não permanecermos indiferentes a tão maternal olhar, de não ficarmos de braços cruzados perante os ultrajes lançados contra Ela.

Somente assim seremos súditos dignos da celestial Rainha, e o Brasil merecedor de sua augusta Padroeira. Temos tudo para realizar as promessas de um grandioso porvir na maior nação católica da Terra, pois temos a melhor de todas as Rainhas — uma vez que a Rainha do Brasil é a Mãe do Rei dos reis.

Notas: 1. Vide Catolicismo, Nº 502, outubro/1992. Ao leitor desejoso de conhecer maiores detalhes desse milagre, e de vários outros operados por meio de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, aconselhamos o livro Rainha do Brasil — A maravilhosa história e os milagres de Nossa enhora da Conceição Aparecida, de Gustavo Antonio Solimeo e Luiz Sérgio Solimeo (Diário das Leis, São Paulo, 1992). O autor refere-se ao Poder das Chaves, comunicado por Jesus Cristo a São Pedro: “Tu és Pedro, e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus; tudo o que ligares na Terra será ligado nos Céus, e tudo o que desligares na Terra será desligado nos Céus” (Mt 16, 17-19). 3. Entende-se Reino de Maria — previsto em Fátima e tão desejado por Plinio Corrêa de Oliveira — no sentido empregado por São Luís Maria Grignion de Montfort (grande missionário francês do século XVII e Doutor marial) em seus escritos, especialmente no célebre Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem: “Quando virá este tempo feliz em que Maria será estabelecida Senhora e Soberana nos corações, para submetê-los plenamente ao império de seu grande e único Jesus? [...] Que venha o Reino de Maria, para que assim venha o Vosso [de Jesus Cristo] Reino” (São Luís Maria G. de Montfort, Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem, Vozes, Petrópolis, 1984, 13ª ed., pp. 210-211).



Fonte: Revista Catolicismo
Grupos do Google
Participe do grupo MCC - Músicos Cristãos Católicos
E-mail:
Visitar este grupo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...